Projecto SELECTED WINERIES foi apresentado

27 11 2008

selected-wineriesRede inicial de 21 adegas para enoturismo de excelência 

Uma iniciativa de Ricardo Swinkels Gomes e Pedro Camossa, fundadores da W Solutions.

Enoturismo de excelência não é uma pretensão gratuita, nem uma moda. É um projecto autêntico, posto em marcha.

 A Selected Wineries, uma nova entidade gerida pela empresa W Solutions, constituída por portugueses – em que o reconhecido especialista Ricardo Swinkels Gomes pontifica, coadjuvado pelo sócio Pedro Camossa – tem o mérito de estar a reunir, numa rede de excelência, os melhores parceiros entre os produtores de vinhos nacionais com adegas de grande qualidade e unidades hoteleiras de referência.

Uma proposta integrada de enoturismo com programas organizados, que permite desfrutar não só as adegas e respectivas áreas envolventes, como, ainda, a cultura e natureza da região onde cada uma está integrada.

Para além dos produtos vínicos – provas de vinho, refeições e turismo – com serviço Premium, a Selected Wineries desenhou um conjunto de actividades complementares, decorrentes das condições proporcionadas por cada zona geográfica.

Combinar uma jornada de golfe, uma regata, um passeio a cavalo, uma visita cultural, ou um fim de semana entre amigos, com os prazeres do bom vinho e instalados nas melhores unidades hoteleiras do País, está agora ao alcance dos grandes entusiastas, em programas integrados.

 Bases do projecto Selected Wineries

 A constituição da empresa Selected Wineries decorre da análise de um conjunto de factores que Ricardo Swinkels Gomes designa como externos.

 Rotas dos vinhos desarticuladas e desajustadas face à realidade actual.

  •  Produtores que pretendem apostar mais no Enoturismo mas que, isoladamente, não sentem motivação para tal.
  •  Insatisfação do potencial enoturista, traduzida pelo sentimento de que, nesta área, está tudo por fazer, face ao que já se verifica noutros destinos de enoturismo, internacionalmente conhecidos, como Espanha, França, Itália, Alemanha, EUA, Canadá, Chile, Argentina, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. 
  • Necessidade de criação de destinos enoturísticos, articulados com outras entidades turísticas, de forma a estabelecer maior competitividade com outros destinos internacionais.  
  • Projecto inserido nos 10 produtos estratégicos turísticos para Portugal. 
  • Existência de massa crítica de produtores com projectos de enoturismo de grande qualidade
  • Existência de massa crítica de serviços turísticos, também englobados nos 10 produtos estratégicos, a operarem na proximidade das adegas, proporcionando a formulação de packs de viagens com alto valor acrescentado – vinho&golfe, vinho&equitação, vinho&touring, vinho&wellness e outros. 
  • Crescimento e apetência, nos mercados nacional e internacional, para o turismo de gastronomia e vinhos. 

Como recorda Pedro Camossa, de acordo com fontes do Turismo de Portugal, a procura primária, no mercado  de Gastronomia e Vinhos, na Europa,  em 2004, era de 600 mil viagens/anocom  mais de  uma noite,  cifrando-se  a procura secundária em 20 milhões de viagens/ano, apontando para uma duplicação, em 10 anos, que deverá ultrapassar 1,2 milhões de viagens!

O gasto médio, por pessoa, pode variar entre os 150 e os 450 euros

Um conjunto de boas razões para que os sócios da Selected Wineries, apoiados na sua experiência profissionalRicardo Swinkels Gomes foi responsável, durante 10 anos, pelo enoturismo da Herdade do Esporão – e na boa networking que dispõem no meio dos sectores de vinhos e turismo, reúnam as melhores condições para encarar o novo projecto de enoturismo de excelência como uma aposta ganha.

A forte adesão de produtores de qualidade reconhecida, a pronta associação de cadeias internacionais com focus especial em gastronomia e vinhos, a parceria com um agente receptivo, com elevada notoriedade no segmento de viagens de luxo internacional, confirmam que o mercado tem condições para o enoturismo de qualidade ao mais alto nível. A atestá-lo, está a união de diversos produtores, dos mais representativos, em torno de um projecto de turismo, o que acontece pela primeira vez.

A rede Selected Wineries –Produtores de mérito reconhecido, com produtos originários de diversas regiões do País, já aderiram à rede Selected Wineries.

 Douro

  • Sogrape, com Quinta do Seixo
  • The Fladgate Partnership, Quinta do Panascal
  • Quinta da Pacheca

 Região do Vinho Verde

  • Quinta da Aveleda

 Vinhos do Porto

  • Sogrape, com Sandeman e Ferreira
  • The Fladgate Partnership, com Taylor’s e Croft

 Península de Setúbal (Azeitão)

  • José Maria da Fonseca

 Alentejo

 cluster – de Arraiolos a Estremoz

  •  Quinta da Ravasqueira
  • Herdade dos Coelheiros
  • Herdade das Servas
  • João Portugal Ramos
  • Quinta da Esperança
  • Vinhos Dona Maria

 cluster – de Reguengos de Monsaraz a Monsaraz

  • Herdade do Esporão
  • José de Sousa
  • Monte do Limpo

 cluster – de Beja a Vidigueira

  • Herdade da Malhadinha Nova
  • Herdade dos Grous
  • Herdade do Rocim 

Actions

Information

One response

16 03 2009
Terracotta Journeys

Thank you for sharing. Great information. We are mixing wine tourism with our bike tours.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: